O Guia Definitivo para Encontrar o Professor Online de Inglês Ideal para Seus Filhos

Com todas as opções disponíveis, pode ser difícil encontrar o professor de inglês online perfeito para seus filhos. Então, aqui está um roteiro de quatro etapas para ajudá-lo a identificar a pessoa certa.

1. Deixe Seus Filhos Entusiasmados com as Aulas Online

Antes de apresentar seus filhos a qualquer professor, você deve motivá-los a terem aulas particulares online.

No mínimo, você vai querer que eles se acostumem a falar com as pessoas pela Internet (por exemplo, amigos e parentes), se ainda não estiverem familiarizados com o canal.

Você também vai querer garantir que seus filhos saibam que as aulas de inglês online não serão uma tarefa maçante, mas sim algo divertido que eles farão algumas vezes por semana e que não reduzirão sua hora de lazer ou de brincar.

O que funciona ainda melhor é dar o exemplo (você ou um irmão mais velho terem aulas de inglês online enquanto seus filhos estão por perto). Em várias ocasiões, vimos crianças se interessarem por aulas de inglês online depois de ver um membro da família conversando com um professor e se divertindo.

Afinal, eles admiram você e querem experimentar aquilo que você gosta de fazer. Portanto, seja o modelo deles!

De qualquer forma, agora que você despertou o interesse da criança nas aulas, como você encontra um professor que vai mantê-lo interessado?

2. Use um Checklist

Ao contratar professores e plataformas de ensino de inglês online, recomendamos que você use uma lista de conferência que cobre os aspectos básicos dos serviços de ensino particular. Aqui está nossa sugestão de atributos para compará-las:

Qual é a duração de cada aula? As crianças mais novas se dão melhor com aulas mais curtas.

Os pais podem participar? É altamente recomendável assistir às primeiras aulas com a criança para ajudá-la a manter o foco.

Qual é a faixa etária da escola? Normalmente, é mais eficaz para crianças de 0 a 5 anos ter aulas com escolas ou professores especializados em ensinar crianças pequenas.

Que materiais de aprendizagem são usados? A escola fornece isso ou você mesmo tem que fazer isso ou adquirir a parte?

Existem professores que falam a sua língua? Para as crianças mais novas, é útil ter professores bilíngues que possam se comunicar com eles em sua língua nativa.

Dependendo de suas necessidades, você também pode verificar o seguinte:

⬚ Em quais dispositivos as aulas podem ser realizadas?

⬚ Os irmãos podem fazer aulas juntos?

⬚ Existem atividades offline para complementar a aprendizagem online?

⬚ Algum professor já trabalhou com crianças com necessidades especiais antes?

3. Experimente de 2 a 3 Professores, Não Mais…

Deixe seu filho experimentar dois ou três professores para ter uma ideia de qual ele mais gosta. Mas certifique-se de não tentar mais do que isso, pois seu filho pode ficar cansado e perder o interesse.

Portanto, certifique-se de fazer alguma pesquisa com antecedência e escolher dois ou três dos professores mais promissores para experimentar. Além de ler suas reviews e avaliações, você também pode ver se o professor postou um vídeo se apresentando.

Se você já está fazendo aulas de inglês online e tem um tutor de quem gosta, pode perguntar se ele também gostaria de ensinar seu filho. Se acontecer de eles preferirem não ensinar crianças, eles ainda poderão recomendar outros tutores que o façam.

4. Ajude o(a) Professor(a) a te Ajudar!

Falando de forma realista, você não encontrará um professor perfeito que tenha uma primeira aula perfeita para seu filho. No entanto, você certamente encontrará o professor com maior potencial para ser a pessoa certa para eles.

Para ajudá-los a se tornarem “a pessoa certa” no mais curto espaço de tempo, você deve compartilhar o que sabe sobre seu/sua filho(a) com eles. Aqui estão algumas coisas que o professor gostaria de saber:

  • Interesses e hobbies do seu filho: seu filho é fascinado por trens? Eles amam um certo super-herói ou cantor pop? Eles gostam de beisebol, comida chinesa ou elefantes? Faça uma lista e envie para o professor, com links, se ajudar.
  • Como seu filho aprende: com sua experiência em ensinar seu filho a usar o penico ou ensiná-lo a andar de bicicleta, você provavelmente tem uma boa ideia de como ele aprende. Eles preferem explicações verbais ou visuais? Eles são aprendizes práticos?
  • Como motivar seu filho: ele gosta de elogios, recompensas (por exemplo, adesivos de rosto sorridente) ou cumprimentos? Eles são motivados pela competição?

Ninguém conhece sua criança tão bem quanto você. Compartilhar alguns desses “segredos” com o professor irá ajudá-lo a se conectar mais facilmente com ela, tornando as aulas mais divertidas e eficazes desde o primeiro dia.

Por fim, pergunte ao professor se há alguma maneira de ajudá-los. Não há maneira melhor de estabelecer um relacionamento com o professor perguntando: “O que posso fazer para apoiar o seu trabalho?” ou um simples “Como posso ajudá-lo?”

O Que Você Está Esperando?

Agora você está pronto para começar a procurar o professor ideal para seus filhos.

Enquanto você faz compras, dê uma olhada na Engoo! Somos uma plataforma de professores online 24 horas por dia, 7 dias por semana, que atende alunos a partir de dois anos. E você não precisa se preocupar com nada:

  • Nossas aulas têm 25 minutos de duração, a duração perfeita para crianças.
  • Temos nossos próprios materiais de aula que manterão crianças de todas as idades felizes. Seu filho nem mesmo precisa saber o alfabeto, pois os nossos materiais para crianças começam exatamente com isso. (Se você não acredita em nós, veja essa garota cantando junto com a música do alfabeto em nossa primeira lição!)
  • Também temos muitos tutores com experiência com crianças. Você pode encontrá-los pesquisando com palavras-chave como “love kids”, “early childhood education”, “secondary education”, “education major”, “preschool”, “teenagers”, “kids” e “mom” ou “dad” (para encontrar tutores que são os próprios pais).

Você também receberá uma aula gratuita ao se inscrever, então por que não tentar?

Por favor, observe que os pais são recomendados a participar das aulas com crianças menores de 12 anos no primeiro mês.