“Could You” ou “Would You”: Qual a Diferença?

Como uma das maiores plataformas de aprendizagem online, muitas perguntas são feitas aos profissionais da Engoo sobre a gramática do inglês. Hoje vamos explicar a diferença entre os pedidos que começam com “Would you” e aqueles que começam com “Could you”. Por exemplo:

  • Would you please close the door? (Você fecharia a porta, por favor?)
  • Could you please close the door? (Você poderia fechar a porta, por favor?)

Parte da confusão vem do fato de que livros didáticos, cursos e pessoas nativas no inglês discordam sobre esse assunto. Aqui estão três explicações que você geralmente encontrará:

  1. “Would you” está correto, porque você está perguntando se alguém vai fazer algo e não se eles podem fazer. “Would you” também soa mais educado do que “Could you.” 
  2. “Would you” e “Could you” são maneiras igualmente educadas e válidas de fazer um pedido.
  3. “Could you” soa mais educado do que “Would you.” “Would you” soa mais insistente e é mais frequentemente usado em pedidos com raiva ou nervosos, como em “Would you please hurry up!” (Você poderia se apressar).

Com essa confusão, como os alunos de inglês podem saber qual usar afinal?

Para resolver esse mistério para você, consultamos algumas grandes bibliotecas de inglês falado e escrito e perguntamos a falantes nativos de nossa empresa. Abaixo estão nossas descobertas e conselhos.

O Que os Dados Dizem?

Quando examinamos os dados levantados, encontramos o seguinte.

Em situações formais:

  • “Would you” e “could you” são usados. Por exemplo, pesquisando nos casos da Suprema Corte dos EUA, descobrimos que os juízes fizeram solicitações tanto com “Would you” quanto com “Could you.”
  • No entanto, “would you” é mais comum. Por exemplo, enquanto as pessoas que fazem discursos dizem “Would you please stand?”(Você se levantaria, por favor?) e “Could you please stand?” (Poderia você se levantar, por favor?), a versão com “would” é cerca de sete vezes mais comum em discursos legendados no YouTube.

E em situações informais:

  • Tanto “would you” quanto “could you” são utilizadas igualmente. 
  • Em alguns casos, eles são usados com a mesma frequência. Por exemplo, a frase seguinte “Would/Could you do me a favor?” (Você faria / poderia me fazer um favor?) apareceu quase o mesmo número de vezes em ambas as formas em bibliotecas de inglês americano moderno e inglês usado globalmente online. O número de vezes que tanto o “Could you” quanto o “Would you” foram usados para requisições impacientes ou enraivecidas (por exemplo, “Would/Could you please just … ”), também foram bem parecidos.
  • However, in other instances, “could you” is more common. For example, “Could you lend me … and “Could you get me …” were two to three times as common as their “would” counterparts.
  • No entanto, em outros casos, “could you” (você poderia) é mais comum. Por exemplo, “Could you lend me … (Você poderia me emprestar…) e “Could you get me…” (Você poderia me pegar…) foram de duas a três vezes mais comuns em incidência do que suas contrapartes“ would”.

Então aparentemente o “Would you” e  “Could you” são substitutos intercaláveis. No entanto, “Would you” é mais comum no inglês formal e “Could you” no casual, no dia-a-dia.

Qual é a Nossa Opinião?

Neste ponto, alguns alunos podem pensar: “Então, ‘would you’ é mais educado, certo? Vou apenas usar isso de agora em diante.” No entanto, não é isso que os dados dizem. “Would you?” Não é mais educado. É simplesmente mais formal.

A polidez, em última análise, depende de como o ouvinte interpreta o que você disse e, conforme os dados e nossas próprias experiências, podemos garantir que a maioria das pessoas não perceberá qual palavra você escolhe para fazer um pedido, muito menos interpretá-la como rude por escolher uma ou outra.

Quando fizemos uma pesquisa com nossa equipe, também não tivemos a impressão de que as pessoas achavam automaticamente “would you” fosse mais educado. Por exemplo, aqui estão duas respostas que obtivemos:

“Na verdade, não uso ‘Would you’ para fazer solicitações. Estou inclinado a ser mais indireto e perguntar ‘Would it be possible to…? (Seria possível que…)” – Chris 🇳🇿  

“Eu, na verdade, não penso em usar ‘would you,’ já que não quero soar passivo-agressiva. Pesquisei em meu e-mail e encontrei uma situação em que usei opara uma solicitação, mas isso não é nada comparado com os mais de 400 e-mails em que usei ‘could you.” – Frances 🇺🇸

Portanto, se você está realmente preocupado com a educação, concentre-se em coisas mais importantes, como seu tom de voz. Isso também é o que dizem os especialistas da Merriam Webster e da Chicago Manual of Style.

E se você quiser refrescar sua memória da gramática avançada do inglês, confira nossa lição sobre este tópico, ”If I could cook, I would cook every day” com um de nossos professores. Bom aprendizado!