Por Que é Tão Difícil Para Falantes Nativos Explicarem a Gramática?

Se você já perguntou a um falante nativo sobre gramática inglesa, provavelmente não obteve uma resposta satisfatória. Talvez eles nem soubessem do que você estava falando!

Por que os falantes nativos de inglês lutam para explicar a gramática? Há quatro razões principais.

#1 Os Falantes Nativos De Inglês Estudam Pouca Gramática Na Escola

Em alguns países, a gramática é uma disciplina escolar. Os alunos aprendem termos como "direct object complement" e estudam cuidadosamente os tempos verbais, estruturas de frases e muito mais.

No entanto, nos países de língua inglesa, a gramática tem sido uma parte muito pequena do sistema educacional por pelo menos 60-70 anos. Na década de 1960, as escolas nos Estados Unidos e na Inglaterra pararam de ensinar gramática. Na época, a pesquisa parecia mostrar que a gramática não ajudava as crianças a escrever melhor, então o foco mudou para a literatura e a prática real da escrita.

Como resultado, a maioria dos falantes nativos de inglês hoje não aprendeu muita gramática e terá dificuldade em explicá-la.

#2 Falantes Nativos Aprenderam Gramática Naturalmente

Na maioria das vezes, os falantes nativos aprendem gramática naturalmente. Por exemplo, crianças em ambientes de língua inglesa aprendem a seguinte gramática antes do terceiro aniversário:

Se cometerem erros (por exemplo, “I falled down”), pais, professores ou crianças mais velhas irão corrigi-los. Ou eles perceberão o que todo mundo diz (por exemplo, "I fell down") e começarão a dizer isso também.

Em outras palavras, falantes nativos aprendem a maior parte de sua gramática sem perceber. Esse tipo de aprendizado é chamado de "implicit learning" e é muito difícil para as pessoas que aprendem algo dessa maneira explicar regras e conceitos.

#3 Os Falantes Nativos Não Conhecem a Gramática Dos Livros Didáticos

As explicações gramaticais nos livros muitas vezes não refletem a gramática usada na vida real. Por exemplo, você pode ter aprendido a dizer coisas como "Sarah is the woman whom I lent my umbrella to" ou "Whom should I call?" No entanto, falantes nativos não falam assim.

Então, por que a gramática do livro didático e a gramática do mundo real são tão diferentes? Isso ocorre porque a maioria dos livros didáticos adota uma abordagem tradicional da gramática chamada "prescriptivism". O prescritivismo diz às pessoas como falar e escrever corretamente.

No entanto, suas regras não são baseadas em observações de pessoas reais falando o idioma. Eles geralmente são baseados em regras que especialistas em gramática desenvolveram nos séculos 18 e 19, com algumas influências do latim. Portanto, não se surpreenda se seus amigos falantes nativos não ouviram falar deles!

#4 A Maioria Dos Falantes Nativos Não São Professores

Finalmente, tenha em mente que mesmo professores treinados precisam de muita prática para explicar a gramática inglesa – e a maioria dos falantes nativos não são professores de inglês!

Portanto, se você leva a sério a gramática, estude com alguém que tenha treinamento e experiência – seja falante nativo ou não.

Na Engoo, você pode encontrar ótimos professores de inglês profissionais procurando por aqueles com formação em linguística e/ou gramática. Também recomendamos que você estude usando nossas lições de gramática. Comece aqui.