bloog image
Home Viagem Palavrões em inglês e linguagem inapropriada

Palavrões em inglês e linguagem inapropriada

Você pensa que conhece os palavrões, mas será que entende o seu significado? Confira nosso guia prático de como usar e quando não usar 'What the f***!’, ‘S***’ e outras expressões 'cabulosas'.

Ultra_big_swearing-585x743

Quando finalmente nos sentimos confortáveis falando inglês, passamos a querer diminuir o sotaque, soar menos como um estrangeiro e a nos misturarmos com a multidão. É uma tentação grande imitar o jeito dos nativos falarem, com suas gírias e (é claro) seus palavrões.

Mas nem sempre é recomendado usar as palavras ouvidas de um amigo quando você estiver falando com um colega de trabalho, com um desconhecido em um bar ou mesmo com seu chefe. O problema com os palavrões é que quando você começa a se acostumar com eles, você os inclui no seu vocabulário e (sem notar) passa a usá-los o tempo todo, mesmo em situações inapropriadas.

Xingamentos fazem parte de toda cultura e, se você está aprendendo inglês com pessoas jovens, este tipo de expressão vai surgir uma hora ou outra. Mas não é assim tão fácil de se compreender o verdadeiro impacto de um palavrão em uma língua estrangeira e nós, que não somos nativos, geralmente aprendemos isso da forma mais difícil: nos colocando em situações constrangedoras!

 

Nossa colega aqui da Engoo aceitou compartilhar sua experiência:

Depois de namorar um rapaz inglês por alguns meses, ela foi convidada para conhecer sua família. Era Natal - o que deveria ser a ocasião perfeita para ser apresentada a todos na esperança de causar uma boa impressão. Esta família em particular gostava de preservar as tradições britânicas, entre elas jogos de natal como os Christmas crackers.

                                        

Se você ainda não conhece essa tradição, nós explicamos. Os crackers são tubos de papelão que se parecem com um bombom, mas do tamanho de duas mãos. Eles carregam pequenos presentinhos com mensagens e fazem um barulho do tipo “crack” quando são abertos. (Se você ficou curioso, dê uma olhada no vídeo que colocamos no final do artigo).

Mas, voltemos à história. Depois de uma bela refeição de Natal, com tudo dando certo para ela, a família começou a abrir os crackers e a jogar com os presentinhos. A nossa colega ganhou algo especial, um pequeno quebra-cabeça de argolas em metal.

O que parecia ser um joguinho bobo, tomou tempo demais para ser resolvido e (sob as constantes piadinha de seu namorado) ela começou a se irritar. Dez minutos batalhando contra o jogo e veio à tona a palavra em inglês que expressava toda a sua frustração: F***!

Seu namorado ficou branco, depois rosa e (como um bom britânico) vermelho pimenta. Ela olhou ao redor e viu que a avó dele estava bem atrás dela, com uma cara de ultrajada que somente uma lady britânica conseguiria fazer.

Ela aprendeu da pior forma possível que seria melhor banir os palavrões do seu vocabulário, de uma vez por todas. Bem, o relacionamento não durou muito - nunca saberemos qual foi o peso deste episódio na decisão final. Mas uma coisa é certa, nós nunca ouvimos nossa colega usar a ‘F Bomb’ aqui na Engoo!

 

Aprenda os palavrões!

Se você achou que estávamos dando uma lição de moral, você se enganou! Xingamentos são uma parte muito importante de qualquer língua. Senão, você ficaria sem opções para expressar como realmente se sente em situações desagradáveis. Quando a companhia aérea perde a sua mala, quando o hotel cobra a mais no serviço de quarto, ou quando você perde o trem por alguns segundos… Por favor, não venha nos dizer que um palavrão nunca veio à mente em momentos assim!

Mas é importante prestar atenção às situações em que estas palavras são aceitáveis e ao tipo de pessoa que vai aceitar o linguajar mais pesado. Até mesmo os nativos da língua inglesa passam por este dilema, pois o que é considerado “linguagem vulgar” só pode ser definido dentro uma certa cultura. Assim, existem desentendimentos e diferentes interpretações de algumas expressões mesmo entre os países de língua inglesa.

 

Americanos vs. Britânicos

Xingar seus amigos é a melhor forma de demonstrar intimidade, ao menos na Europa. Se você chamar seu melhor amigo americano de ass ou twat, ele pode levar o insulto à sério. Dizer a mesma coisa para seu amigo Inglês, por outro lado, só faz você soar como um good mate, ou seja, um amigo e parceiro. (Claro, certifique-se de somente ‘insultar carinhosamente’ amigos bem próximos, ou não nos responsabilizaremos pelos resultados).

 

Australianos vs. o resto do mundo

Os “Aussies” precisam tomar um cuidado especial quando estão viajando no exterior. Eles não levam muito à sério os palavrões e podem ser facilmente mal interpretados.

Um exemplo mais específico pode ser a forma como alguns australianos se referem à própria herança cultural, àquela de seus ancestrais europeus. Alguém cuja família tem origem na Europa do leste ou do sul, pode chamar à si mesmo de “wog” (que é um palavrão, mas sem tradução apropriada no português). Mesmo que ele use este termo como uma forma de brincar com a própria origem, ele chocaria os americanos - que costumam ser bem orgulhosos de suas origens.

 


Os palavrões em inglês

Bem, chegou o momento de lhes ensinar alguns palavrões. Como somos bons amigos, vamos indicar quais são pesados demais sugerindo opções mais leves.

‘F Bomb / F word’ - este palavrão aparece em todo filme que vemos, mas ele é muito mal visto pelas senhoras e não deve ser jamais dito em frente ao seu chefe. O conhecido 'Fuck' tem o sentido literal de 'fo**r' (desculpe nossa linguagem hehe). Até mesmo citá-lo é contrangedor para algumas pessoas "Oh my! She droped the 'F bomb'!". Você pode até ouvir em alguns filmes de comédia os atores substituindo este chingamento por 'Fudge' (um doce inofensivo).

'Slut' - este é um xingamento pesado para uma mulher. Ele é bem literal ao referir-se a uma pessoa promíscua. Não é equivalente à "prostituta" (que em inglês é 'prostitute'), mas possui o mesmo peso que a palavra em português 'p**a'. Opção para substituir: não insulte nenhuma mulher assim!

'Bitch' - normalmente pensamos que este é um sinônimo do palavrão citado acima, mas não é. Ele não tem uma conotação necessariamente sexual. Literalmente, é a fêmea do cachorro, na prática é usado para insultar mulheres que reclamam demais, que são insuportáveis ou que são 'malvadas', por assim dizer. Não temos um bom sinônimo no vocabulário de xingamentos brasileiros, mas podemos fazer um paralelo com 'vaca'. Estamos nos esforçando para manter o nível, então, ao invés de dizer 'son of a bitch', você pode dizer 'son of a gun'.

'C**t' - agora passamos dos limites! Este palavrão em inglês é o pior que você pode usar (para homens ou mulheres). Não ousamos nem mesmo escrever aqui! O 'C word' é algo que deve ficar bem longe de seu vocabulário, mas fazemos questão de mencionar, pois você pode dizê-lo sem querer e passar a maior vergonha da vida!
A pronúncia da 'C word' é muito parecida com o verbo 'can' (poder) no negativo: CAN'T. Portanto, lembre-se disso e aprenda a pronunciar cada palavra com cuidado.

Recomendamos um video muito divertido sobre alternativas para os palavrões :)

 

Tendo dito tudo isso, fica clara a conclusão de que dominar a arte dos xingamentos é uma das últimas etapas na busca da fluência. Entender o uso destas palavras e os motivos que às levam a serem consideradas ofensivas ou tabu são uma forma de aprofundar seu conhecimento sobre a cultura do país em questão.

Então, se sua motivação é aprender a se expressar melhor, ou saber se alguém está lhe insultando, peça ao seu teacher da Engoo para discutir alguns dos palavrões que você deveria (ou não) conhecer ;)

 

Christmas Crackers :

 


Leia também

Ultra_big_e-mail_formal

Saiba como escrever e-mails formais de agradecimento em inglês

Blog-read-more
Ultra_big_ilustra%c3%a7%c3%a3o_basquetemenor_pt

8 expressões em inglês sobre basquete!

Blog-read-more

Arquivo


Main-blog-bottom-banner