Comece a se Apaixonar pelo Aprendizado de Inglês Hoje

Você já teve que fazer um teste que exigia que você escrevesse em inglês sobre algum tópico aleatório com o qual você não se conectava de forma alguma? Ou você já assistiu a uma aula em que teve que debater um assunto pelo qual não tinha interesse?

Se sim, provavelmente não gostou, nem aprendeu muito com isso. Afinal, se você não estiver interessado em algo, sua mente vagará e o aprendizado não acontecerá.

Bem, você pode se surpreender ao saber que pesquisas validam essas experiências. Hoje, vamos entrar na ciência do aprendizado para mostrar por que você deve trazer seus interesses para seus estudos de inglês e como você pode fazer isso, seja você um iniciante ou um aluno avançado.

Como Interesses Aceleram o Aprendizado

Estudos descobriram que o interesse por um tópico ou o fato de se interessar pelo material de aprendizado permite que os alunos aprendam mais.

Por exemplo, em um estudo na Nova Zelândia, professores de sala de aula leram dois livros ilustrados para 168 crianças do ensino fundamental e os testaram para ver quanto de vocabulário aprenderam. No final das contas, as crianças acharam um livro mais interessante do que o outro e aprenderam 10% a mais de vocabulário com ele.

Outro estudo com alunos sul-coreanos aprendendo com professores americanos descobriu que, mesmo que houvesse coisas que os deixassem hesitantes para falar (por exemplo, uma personalidade intimidante), eles ficavam mais dispostos a falar quando a conversa se voltava para tópicos relacionados a seus interesses ou experiências.

Em outras palavras, trazer seus interesses para o seu aprendizado pode realmente ajudá-lo! Achados relacionados ao cérebro ajudam a explicar por quê.

Por exemplo, em seu livro Research-Based Strategies to Ignite Student Learning, a neurologista e educadora Judith Willis aponta que qualquer nova informação que aprendemos primeiro viaja para a “amígdala”, uma parte do cérebro que responde ao estresse.

Se os alunos estão estressados ​​porque “se sentem alienados de suas experiências acadêmicas … quando uma aula é entediante, irrelevante para suas vidas, confusa ou provoca ansiedade”, a informação não passará da amígdala para outras partes do o cérebro para processamento e armazenamento.

Simplificando, se você se sentir entediado ou desconectado dos estudos, seu cérebro fica realmente estressado e para de absorver informações. Isso significa que os interesses não apenas aumentam o seu aprendizado; na verdade, eles são uma condição importante para que ele ocorra.

No entanto, com que frequência consideramos nossos próprios interesses ao decidir como estudar inglês? A maioria de nós permite que nossas aulas, livros e aplicativos decidam como aprendemos. Bem, é hora de colocarmos o aprendizado em nossas próprias mãos.

Como Estimular seu Aprendizado com seus Interesses

Alunos de Nível Intermediário Superior e Avançado

Alunos de nível superior podem mergulhar em conteúdos interessantes feitos para falantes nativos. Por exemplo, se você gosta de tricô, assista a vídeos de pessoas que ensinam inglês e participe de fóruns online onde as pessoas discutem esse hobby.

Pode levar algum tempo para encontrar conteúdo e comunidades de que você realmente goste, mas eles estão definitivamente disponíveis!

Apenas não se esqueça de ser específico sobre quais aspectos do inglês você deseja trabalhar. Por exemplo, muitos alunos avançados desejam aperfeiçoar sua pronúncia e gramática ou soar mais sofisticado ao falar. Certifique-se de usar seu conteúdo e comunidades favoritas em inglês para ajudá-lo a atingir esses objetivos!

Iniciantes e Alunos de Nível Intermediário Inferior

Alunos de nível inferior precisarão de mais apoio ao aprender, mesmo com o conteúdo no qual estão interessados. Esse suporte pode vir na forma de traduções ou dicas audiovisuais. Por exemplo:

  • vídeos com legendas em inglês e em seu idioma nativo
  • materiais de listening que têm transcrições ou têm velocidade mais lenta
  • material de leitura com muitas fotos, como livros infantis, histórias em quadrinhos, blogs e postagens nas redes sociais
  • materiais de leitura que são mais curtos ou projetados para alunos da língua inglesa

Você também vai ter de aceitar que não vai entender a maioria das coisas. Por exemplo, você pode não entender todas as letras de uma música, mas fique feliz por ter aprendido algumas palavras novas e saiba que elas provavelmente estarão retidas em sua mente por mais tempo, já que você está aprendendo com o conteúdo de que gosta!

Um Último Conselho

Em todo caso, adaptar seu aprendizado aos seus interesses é mais eficaz se você tiver alguém para ajudá-lo.

Como um aluno avançado de inglês, você pode precisar de ajuda para descobrir quais palavras nos livros que está lendo são realmente úteis na vida real. Afinal, você não quer perder tempo aprendendo uma expressão apenas para perceber que ela é usada apenas em seu livro!

E como um iniciante em inglês, você vai querer saber quais palavras ou frases nos filmes que está assistindo devem ser aprendidas no seu nível. Por exemplo, você provavelmente não precisa aprender palavras como “exhilarating” (estimulante), quando poderia apenas usar “exciting” (empolgante) no lugar.

Portanto, será útil ter um amigo que fala inglês e que compartilhe dos seus interesses ou, melhor ainda, um profissional da língua inglesa que compartilhe deles! Na Engoo, temos milhares de professores com todos os tipos de interesses, desde jazz e jogos eletrônicos a basquete e Harry Potter. Você ainda terá uma aula de graça, então por que não dar uma chance à nossa plataforma?